Geladeira Solidária: 'Quem tem põe, quem não tem tira'

Com esse lema, iniciativa atende cerca de 40 famílias por dia


Desde a última segunda-feira (27) moradores de rua e famílias carentes podem contar com uma ajudinha na hora de se alimentar. É a Geladeira Solidária, uma iniciativa particular com apoio popular, que arrecada alimentos e distribui para quem realmente precisa.

Localizada no Posto Taurus, na rua São Lourenço, em frente a Citrosuco, em Matão, a Geladeira tem o propósito de matar a fome das pessoas que procuram por comida. Alimentos prontos, marmitas, frutas, verduras, legumes, ovos e produtos não perecíveis são entregues conforme a disponibilidade.

Nayara Costalongo, funcionária do posto e colaboradora do projeto, é quem faz a intermediação na hora da entrega. “Eu sempre pergunto para as pessoas o que elas precisam. Não estamos aqui para entregar mantimentos nem cesta básica, mas para matar a fome de quem não tem o que comer”, explica. Mas muita gente oportunista também tem passado por lá. “Tem gente que chega pedindo mistura ou escolhendo o que quer. A nossa proposta não é essa”, explica.  

Moradores de rua recebem alimentos prontos ou marmitas, que podem ser esquentadas no próprio local, já que um micro-ondas foi disponibilizado. Tem quem busque algum alimento para preparar o almoço ou a janta. Estes podem sair com legumes, macarrão, ovos, arroz... Por dia, cerca de 40 famílias passam pelo local em busca de comida.

“Entregamos aquilo que temos. E temos aquilo que recebemos. Dependemos da doação das pessoas”, ressalta Nayara. Muita gente passa pelo local o dia todo deixando sacolas com doações. Além dos alimentos, o local também virou ponto de entrega e retirada de roupas e calçados.

“Não estamos doando só alimentos, estamos doando carinho e atenção também. As pessoas chegam muitas vezes e contam sua história e a gente se emociona. Estamos muito felizes porque também estamos alimentando nossa alma”, conta Nayara. Agora, Nayara e Monika Carvalho, idealizadora do projeto, estão em busca de parcerias com empresas, restaurantes, varejões, marmitarias e quem mais puder ajudar. Na noite de quarta-feira (29) elas conseguiram uma grande doação de verduras e legumes dos produtores da Feira do Produtor Rural de Matão.

Angélica Bento da Silva e Taiara Aline da Silva, moradoras da rodovia dos Trabalhadores, na curva, passaram pela Geladeira Solidária pela primeira vez na manhã de quinta-feira. Ficaram sabendo o projeto através das redes sociais. Saíram de lá com produtos para prepararem o almoço e roupas para as crianças.

“Às vezes as pessoas preparam muita comida e não consomem tudo. Coloquem numa marmitinha e tragam aqui”, reforça Nayara. “Avisem os mais carentes. Eu quero encher a geladeira mas quero esvaziar também”, finaliza Monika. Uma segunda geladeira foi doada ao projeto e outras poderão ser espalhadas pela cidade. O telefone para parcerias e doações é (16) 9.9626-8894 (Monika).


Fonte: Ingrid Alves


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários