Campanha de Vacinação contra a gripe continua

Matão vacinou 50% do público-alvo, ou seja, ainda não atingiu meta de 95%


A Prefeitura de Matão, por meio da Secretaria de Saúde, informa que a Campanha de Vacinação Contra a Gripe continua até o próximo dia 31 de maio em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Matão. Em São Lourenço do Turvo, a vacinação é feita na unidade do programa Estratégia Saúde da Família (ESF). Até o momento, o município matonense vacinou 50% do público-alvo, ou seja, ainda não atingiu a meta de 95%.

Dentre os grupos prioritários estão: pessoas com mais de 60 anos; crianças de 6 meses até 6 anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes; mulheres que tiveram um filho nos últimos 45 dias (puérperas); trabalhadores da área da Saúde; professores de escolas públicas e privadas; povos indígenas; portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; e funcionários do sistema prisional.

A caderneta de vacinação deve ser apresentada no local para que o comprovante da vacina seja anexado e para atualização. Pessoas com doenças crônicas, diabéticos e hipertensos devem procurar a unidade mais próxima de sua casa para receber a dose e apresentar a receita do pedido do médico ou do medicamento que utiliza. A campanha pretende atingir 90% dos grupos prioritários.

A vacina protege contra os vírus A (H1N1), H3N2 e Influenza B. Como os vírus são mutantes, a composição da vacina é feita somente depois da indicação da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre as cepas (variações dos vírus) que circularam com mais frequência nos últimos meses na região. Não há muitas contraindicações em tomar a vacina da gripe; somente está proibida a quem tem alergia grave ao ovo, devido ao fato dos antígenos colocados no imunizante serem cultivados dentro da casca e utilizarem a gema e a clara para se replicarem durante o processo de fabricação.


Fonte: AIP


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários