Hospital apresenta case de sucesso

Instituição participou do 28º Congresso da Fehosp, realizado em Atibaia


O controle de enxoval, a implantação do serviço de camareiras e a humanização no atendimento pontuaram o ‘case de sucesso’ apresentado pelo Hospital ‘Carlos Fernando Malzoni’ no 28º Congresso da Federação de Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo, realizado em Atibaia entre os dias 22 e 25 de abril. “Foi um grande prazer participar de mais essa edição do Congresso. Dessa vez com uma responsabilidade diferente, como integrante do Comitê Científico do evento”, explica a superintendente do Hospital de Matão, Denise Minelli.

A administradora ainda presidiu a mesa do fórum de Hotelaria e Hospitalidade. “Este fórum teve expressivo número de inscrições e contou com participantes de diversas Santas Casas do estado. Pudemos conhecer o ‘case’ de entidades, além de acompanhar a modernização dos serviços de hotelaria e ambiência hospitalar com palestrantes renomados, tanto de São Paulo como de outros estados, tratando de assuntos como logística, acolhimento, fidelização, inclusão digital, arquitetura, gastronomia, lavanderia e entretenimento hospitalar – este apresentado pelo grupo Pazlhaçada, que atua em nosso hospital há quatro anos”, pontua Denise.

O Hospital de Matão também ganhou destaque ao discutir o diferencial no atendimento após a implantação do serviço de camareiras. Os colaboradores da instituição marcaram presença no evento que abordou o tema ‘Fazendo check-up na gestão: eficiência no diagnóstico, sucesso no tratamento’. “Acreditamos que dar a oportunidade de conhecimento aos nossos colaboradores reflete na melhoria do atendimento aos pacientes e na qualidade dos serviços oferecidos no hospital”, aponta Denise.

Apresentando dados sobre a mudança no controle de enxoval, a gerente de Hotelaria, Leile Caruzo, demonstrou as ferramentas utilizadas após a implantação do serviço de camareiras no Hospital de Matão. “Pudemos debater como a camareira conversa com diversos setores da entidade, dando mais autonomia para a assistência na enfermagem e operando na agilidade do ‘giro de leito’. Mostramos as ferramentas de controle do extravio de enxoval que aplicamos e deram resultados positivos”, cita. A profissional ainda convidou os presentes a conhecerem a atuação das camareiras e entender o papel da equipe dentro do processo de humanização hospitalar.


Fonte: AIHCFM


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários