Vacinação contra HPV é realizada em Matão

Campanha objetiva imunizar jovens de 9 a 14 anos


A Prefeitura de Matão (Secretaria de Saúde) realiza campanha para vacinar adolescentes contra o Papiloma Vírus Humano (HPV). Meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos devem ser imunizados contra o HPV. Esta vacina faz parte do Calendário Nacional, portanto, fica disponível ao longo do ano em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) de Matão – exceto no bairro Las Lomas, por não possuir sala de vacinação. Para receber as doses, o adolescente deverá levar sua carteira de vacinação.

A vacina previne 70% do câncer de colo do útero, 90% do câncer anal, 63% do câncer de pênis, 70% do câncer de vagina, 72% do câncer de orofaringe e 90% das verrugas genitais. Além disso, protege contra quatro subtipos do vírus (6, 11, 16 e 18) e tem 98% de eficácia para quem segue corretamente o esquema, assim como contra o pré-câncer cervical em mulheres de 15 a 26 anos. Segura, a vacina não aumenta o risco de eventos adversos graves, aborto ou interrupção da gravidez.

A principal forma de transmissão do HPV é por via sexual, que inclui contato oral-genital, genital-genital ou mesmo manual-genital. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), estima-se que entre 25% a 50% da população feminina e 50% da população masculina mundial esteja infectada pelo HPV.

Para os meninos, a importância da vacinação é proteger contra os cânceres de pênis, garganta e ânus. Nas meninas, o principal foco é imunizar contra os cânceres de colo do útero, vulva, vaginal e anal, lesões pré-cancerosas, verrugas genitais e infecções causadas pelo vírus. O HPV é responsável por 95% dos casos de câncer de colo do útero, o segundo tumor mais frequente na população feminina.


Fonte: AIP


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários