Turvo é alvo de quadrilha e explosão em posto bancário

Ação de criminosos foi na madrugada de terça (11)


O posto bancário do Santander de São Lourenço do Turvo foi, mais uma vez, alvo de uma quadrilha especializada em explodir e furtar caixas eletrônicos. A ação ocorreu por volta das 4h da madrugada desta terça-feira (11).

Moradores, acostumados com os frequentes ataques, ouviram uma grande explosão e de imediato acionaram a Central de Atendimento 190 da Polícia Militar. As viaturas entraram pelo trevo do Guandaline. Como a ponte da Via Dr. Laert Tarallo Mendes não está pronta, os policiais acreditam que os criminosos tiveram acesso ao Distrito pela vicinal que vem do Bairro do Quatro, que tem muitas entradas e saídas.

Nenhum representante bancário compareceu no local. Por volta de 4h50, o delegado Marcelo Umberto Borghi e sua equipe, da Polícia Civil, realizaram um trabalho e constataram que certa quantia em dinheiro foi levada. Pela manhã, o gerente responsável deverá fazer um levantamento preciso do valor furtado, mas é de praxe não divulgar e nem colocar no boletim de ocorrência. Estima-se que seja pouco, pois trabalhadores teriam sacado seus pagamentos.

Os cabos William e Roberto, soldados Ananda e Wellington preservaram o local, que foi isolado, até a realização da perícia, pela Polícia Científica. Acredita-se que cerca de 8 criminosos participaram do ato ilícito, usando dinamite.

Sábado
No sábado, dia 8, a central de monitoramento da agência acionou a Polícia Militar por volta de 3h da madrugada, mas o sargento Galbiatti, cabos Sena e César nada avistaram de anormal. Os policiais acreditam que membros da quadrilha teriam passado pelo local fazendo um levantamento e até teriam intenção do furto, mas como tinham vários casais nas proximidades, desistiram.


Fonte: Maury Jr


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários