Cidade tem 29 novos semáforos

Os 13 cruzamentos que receberam os dispositivos foram apontados como propensos a risco de acidentes

Foto: Ingrid Alves

Quem passa pelas ruas de Matão já notou que o número de semáforos aumentou. São 29 novos equipamentos em 13 locais espalhados pela cidade. De acordo com o assessor de Projetos para o Trânsito, Wenderson Bartholomeu Silva Barbosa, os cruzamentos que receberam os novos dispositivos foram apontados como propensos a risco de acidentes. “São locais onde já ocorreram óbitos, acidentes frequentes ou estão sujeitos a possíveis ocorrências”, diz. Dos novos equipamentos, três já estão em funcionamento. Os outros devem entrar em operação em, no máximo, 20 dias.

A implantação destes semáforos tem como finalidade proporcionar segurança na travessia de veículos e pedestres em cruzamentos de ruas e avenidas, reduzindo o índice de acidentes. Wenderson adianta que muitos estudos foram feitos para a escolha dos locais, mas questionamentos já surgiram por parte de cidadãos. “Nas imediações da Rua Francisco Mastropietro com as avenidas São Paulo e Alagoas, por exemplo, há quatro escolas, portanto, o fluxo de crianças e adolescentes atravessando a rua é grande”, explica Wenderson.

O valor gasto com a aquisição dos novos semáforos foi de R$ 320 mil. Deste montante, R$ 300 mil foram obtidos por meio de convênio com o Detran-SP através do programa Movimento Paulista de Segurança no Trânsito. Os outros R$ 20 mil foram custeados pela Prefeitura para adequação das necessidades. De acordo com Wenderson, o Detran havia liberado R$ 500 mil para a compra dos semáforos, mas a Prefeitura conseguiu negociar os valores através de licitação e o valor utilizado foi bem menor. Por isso é possível que, até o final do ano, novos dispositivos sejam implantados em outros pontos da cidade. Wenderson salienta que esse dinheiro não pode ser destinado a outras áreas.

SEM RADAR

Ao contrário de boatos que circularam na cidade, os novos semáforos instalados em Matão não possuem radar fotográfico e, segundo Wenderson, não há nenhum processo de licitação para a compra ou aluguel de radares na cidade. “Esse tipo de equipamento não está nem previsto no convênio firmado com o Detran para a liberação das verbas”, informa.

Os novos semáforos seguem o modelo dos já existentes no cruzamento da Avenida Trolesi com a Rua Sinharinha Frota. Eles possuem temporizador e estão localizados na via de maior movimento. Os motoristas e pedestres que estão na rua onde não tem o semáforo devem observar o fluxo para saber se podem ou não atravessar a via. “O objetivo é interromper o fluxo da via principal”, reforça Wenderson.

O assessor ainda revelou que há cerca de 67 mil veículos em Matão. E fez questão de salientar que não procedem alguns comentários de que os semáforos poderiam ser usados como uma ‘fábrica de multas’. “Toda autuação tem caráter pedagógico e não lucrativo”, diz. Segundo ele, se houver um aumento considerável de arrecadação por meio de autuação, haverá questionamento por parte do Tribunal de Contas e do Ministério Público. “Além disso, toda arrecadação oriunda de infrações no trânsito não pode ser direcionada a outro departamento”, finaliza.

Locais dos novos semáforos

* Av. Santo Antônio com a Rua São Lourenço (3 torres)

* Av. Campos Salles com a Rua São Lourenço (3 torres)

* Av. Sete de Setembro com a Rua Sinharinha Frota (2 torres)

* Av. Tiradentes com a Rua Cesário Motta (2 torres)

* Av. XV de Novembro com a Av. Baldan (2 torres)

* Av. Baldan com a Av. Padre Nelson (2 torres)

* Rua Francisco Mastropietro com Av. Alagoas (2 torres)

* Rua Francisco Mastropietro com Av. São Paulo (2 torres)

* Av. Padre Nelson com a Rua Sinharinha Frota (2 torres)

* Av. XV de Novembro com a Rua Otone Correa (3 torres)

* Av. Laert Tarallo Mendes com a Alameda da Saudade (2 torres)

* Av. Laert Tarallo Mendes com a Rua Constantino Bastia (2 torres)

* Av. Padre Nelson com a Rua Prudente de Moraes (2 torres)


Fonte: Ingrid Alves


  • Compartilhe com os amigos:


Deixe um comentário



Comentários